JPA, eu te amo! é uma declaração de amor a Baixada de Jacarepaguá.

O Casa de Cultura nasceu em 2016 como uma iniciativa social denominada JPA, Eu te amo, cujo objetivo principal é o desenvolvimento socioeconômico da Baixada de Jacarepaguá e Zona Oeste, em prol da melhoria de qualidade de vida da nossa comunidade e da elevação dos índices de desenvolvimento humano da Região, que é um dos menores da nossa cidade.

 

Para atingir os nossos objetivos realizamos atividades com foco nos três pilares da sustentabilidade e promovemos ações na área de arte e cultura, cidadania e responsabilidade socioambiental, capacitação e geração de trabalho e renda.

 

Logo nos primeiros meses de atividades do JPA, Eu te amo a iniciativa ganhou força em virtude dos impactos de suas atividades, o que conferiu a iniciativa destaque e reputação junto à sociedade, mídias e veículos de comunicação, como jornal O Globo, Jornal o Dia e Revista Veja.

 

A repercussão de suas ações e seus desdobramentos motivaram a aquisição de uma sede, por parte de seus fundadores, dando origem a fundação de uma Casa de Cultura, legalmente formalizada sob a denominação Social Instituto Lucinha Gonzalez e Julia Rabelo de Arte e Cultura, em homenagem as mães dos seus fundadores.

 

A Casa de Cultura, está localizada em local privilegiado na Taquara, bem próxima ao largo da Taquara e estação principal do BRT do bairro, com fácil acesso por meios de transporte público de massa ou de carro.

 

Embora a Iniciativa Social tenha nascido em novembro de 2016, a constituição formal do Instituto se deu em janeiro de 2018, no entanto, o JPA, eu te amo! desde a sua criação, ainda como iniciativa social, vem atuando sistematicamente para atingir seus objetivos, promovendo diversas ações, dentre as quais, podemos destacar:

 

Reciclarte – Projeto de reutilização artística de pneus, pets e pallets para fabricação de mobiliários urbanos, como: objetos de decoração, jardineiras e lixeiras que são incorporados ao patrimônio público de praças, ruas e escolas da região, contribuindo com a revitalização de espaços públicos em situação de deterioração e abandono, revitalizando-os, além de promover a remoção de resíduos sólidos que seriam descartados na natureza.

 

FES – Feira de Empreendedores Sustentáveis – Uma feira cultural cujo objetivo principal é promover a geração de trabalho e renda e capacitação de empreendedores. É condição de elegibilidade à participação como expositor da FES, oferecer contrapartidas sociais e ambientais em favor do bairro.

 

Caravana da Alegria –  Um projeto de promoção à cidadania e de responsabilidade socioambiental, que tem por objetivo revitalizar espaços públicos degradados do bairro, através de um processo colaborativo com a comunidade.

 

Curso de Empreendedores Sustentáveis – Um programa de capacitação em empreendedorismo para artesãos de arte, artesanato, moda sustentável e gastronomia, com foco nos 3 pilares da sustentabilidade visando potencializar os negócios locais;

 

A Gincana JPA Sustentável, onde Jpa, eu te amo, através do incentivo a responsabilidade socioambiental, fomenta o protagonismo da sociedade e Instituições de educação, em relação a transformação social, provocando em cada indivíduo o sentimento de pertencimento e de cidadania, encorajando-os na prática regular de ações que gerem impactos positivos no desenvolvimento socioeconômico, sociocultural e socioambiental do bairro, tornando-o mais próspero, seguro e aprazível a todos.

 

Todos os projetos do JPA, eu te amo, podem ser acompanhados em nesta página na aba ATIVIDADES e em nossas mídias digitais

www.facebook.com.br/fesjpa

www.facebook.com.br/jpaeuteamo

https://www.instagram.com/fes_jpa/

 

Como nasceu o JPA, Eu te amo!?

 
O JPA, eu te amo nasceu da minha crença, uma crença muito sincera, de que é possível desenvolver um bairro a partir das iniciativas sociais em parceria com pequenos negócios locais, ambos exercendo a cidadania e a responsabilidade social. O cidadão voluntariando em favor do seu bairro e os empresários financiando os custos necessários para promover essas pequenas melhorias que vão se agigantando ao longo do tempo, desenvolvendo o bairro e promovendo a melhoria da qualidade de vida da nossa comunidade, incluindo melhoria nos índices de segurança pela reocupação de espaços públicos ociosos, como praças, por exemplo, que tem demasiada importância no contexto social e que ao longo dos anos foram perdendo seu significado e se tornando espaço para violência e mendicância.
 
Tenho exercido meu papel de cidadã, atuando como voluntária do projeto e como empresária, financiando as ações que foram planejadas em parceria com um grupo de voluntários, que até hoje atuam no projeto e são meu braço direito na busca desta grande conquista. Eles tem sido valiosos neste processo de construção coletiva e temos convicção de que podemos transformar o nosso bairro a partir desse modelo de comportamento.
 

Alexandra Gonzalez

Idealizadora do JPA, Eu te amo?

 


 



Realização